Titulo: Um olhar para os muros ouropretanos

Sub-Titulo: Outra forma de conhecer Ouro Preto

Autor(a): MAICON JONATHAN CHAVES COSTA

Instituição:Universidade Federal de Ouro Preto

Ano:2019

clique na imagem para fazer Download


TEXTO DE APRESENTAÇÃO

Maicon Jonathan Chaves Costa

Este trabalho vem apresentar aos interessados uma Ouro Preto pouco vista, seja por quem mora na cidade, como também quem vem conhecê-la. Esse recurso didático foi desenvolvido na disciplina de Estágio Supervisionado II, na Universidade Federal de Ouro Preto.

Assim, será mostrado um pouco da biodiversidade de plantas que estão presentes nos muros de Ouro Preto, muitos destes construídos pelos negros escravizados. Além disso, um olhar para os barrancos da cidade, não apenas os entorno do centro, como também os barrancos dos morros, onde a grande maioria da população negra vive. Isso permite olhar lugares que também contém uma história, pessoas, e uma rica diversidade de plantas.

Desta forma, a bionarrativa contempla uma pequena parte da diversidade de plantas que encontramos nesses locais por meio da poesia e de uma história dialogada, em que o senhor João guia uma família de turistas, levando-os a olhar para locais que pouco recebem atenção, mas que são muito ricos em conhecimento, e em diversidade de plantas. Essa história nos convida ao passeio, junto da família para conhecer um pouco sobre os grupos de plantas encontrados, entre eles as Briófitas, Licófitas, Monilófitas e uma espécie da família Polygonaceae. Na poesia e na história são apresentados alguns conceitos sobre as características do grupo, comparação entre os grupos, algumas importâncias que cada grupo apresenta. Além disso, o motivo de serem plantas bem distribuídas nos muros e barrancos da cidade e irradiação das plantas.

Essa história se passa no contexto presente, quando o senhor João, um dos guias da cidade, vai apresentar ao Matheus e Eduardo, e também ao filho deste casal, Estevão, outro olhar para a cidade de Ouro Preto, que foi tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade, apresentando um conjunto arquitetônico e de arte barroca rico e importante. Porém a família o contrata, pois ficaram sabendo que havia um guia que não levava a atenção para o conjunto arquitetônico, mas para os muros e barrancos da cidade, apresentando um pouco da biodiversidade de plantas que é possível de encontrar nestes locais. E por sua vez, esse passeio se torna muito interessante, uma vez que a cidade apresenta diversos muros e barrancos. O interesse da família parte da vontade que o filho tem de ser biólogo e ser um amante da natureza. O senhor João é um guia da cidade que sempre observou os muros e barrancos da cidade, e a partir da sua curiosidade, vem pesquisando sobre as plantas que encontra nestes lugares. Ele tem tido muito interesse nisso, tanto que hoje ele orienta o olhar das pessoas para as plantas que encontram nestes locais.

Como o arquivo ficou grande, você pode acessá-lo no link: https://drive.google.com/file/d/19CZXXcdFBTTIwQ_NYIOt5h5gQjwy2soX/view

E pode também baixar o material com os meus poemas.

 

 

 

 



Avalie a narrativa :

Deixe sua avaliação :


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional